quarta-feira, 28 de março de 2012

Via Sacra: 4° Estação

Quarta Estação
Jesus encontra a sua mãe



Nós Te adoramos, ó Cristo, e Te bendizemos.

 Porque com a Tua santa cruz remiste o mundo.

Simeão disse a Maria, sua mãe: "Eis que este menino vai ser motivo de queda e elevação de muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição, para que se revelem os pensamentos de muitos corações. Quanto a ti, uma espada trespassará a tua alma". Sua mãe conservava todas estas coisas em seu coração (Lc 2,34-35.51).

Diz o Senhor: 
"Cessem o teu pranto e as lágrimas dos teus olhos, porque existe uma recompensa para as tuas penas" (Jr 31,16).

Senhor Jesus, ao longo do caminho da cruz, na hora da solidão e do abandono, não podia faltar ela, a Tua Mãe. Desde a Tua infância que trazia no coração a ferida profunda daquela palavra e guardava-a em silêncio porque, nela a dor também era virgem. Que não falte nunca, a nenhum homem que sofre, um coração de mãe atenta e piedosa, uma presença de ternura e de consolação. Possa cada filho reconhecer a mãe, e cada mãe acompanhar o filho no difícil caminho da vida numa fidelidade que jamais desista, mesmo diante do sacrifício extremo.

Ó Jesus, Filho da Bendita 
entre todas as mulheres, 
pelo amor e pela dor da Tua Mãe, 
tem piedade de nós!

Senhor, tem piedade de nós.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário